25.11.12

Fui engolida pela desilusão como líquido. A nudez de um sentimento frio e gelado a adquirir-me aos poucos. A nostalgia tortura como facas nos braços, nas pernas, no coração. É assim o fim de cada dia passado.

Sem comentários:

Enviar um comentário